Vote Mundo da Dança na 5º Edição Prêmio Top Blog 2013

VOTEM no blog "Mundo da Dança" !!! Que esta concorrendo pelo quarto ano consecutivo ao Prêmio Top Blog 2013 na Categoria "Arte e Cultura"

E-book Curso Dança Gospel - Tudo sobre esse estilo !!!

Mundo da Dança esta lançando o seu primeiro E-book - Curso Dança Gospel. Realize a "EVANGELIZAÇÃO" e "ADORAÇÃO" à Deus através da dança...

Série - Volta ao Brasil em 27 Danças

Série sobre Danças Folclóricas de todo o Brasil. Fazendo uma viagem pelos 27 Estados da Federação. Lindo trabalho de pesquisas sobre a Dança...

Série: Danças Africanas

Esta nova série de postagens irá mostrar as Danças Africanas de 5 países de expressão portuguesa, ou seja que usam a língua portuguesa para se expressarem. Espero poder contribuir ricamente para o conhecimento e estudos sobre esse assunto. E valorizar ainda mais o povo africano pela sua enorme contribuição na cultura mundial.

Festivais, Workshops e Espetáculos - Mundo da Dança

Agora o blog Mundo da Dança conta com uma novidade. Dentro do Blog temos as páginas estáticas que mostram apenas assuntos em separado. Assim desse modo fica muito simples e fácil ficar por dentro de algumas notícias tais como: Os principais Festivais, Espetáculos e Workshops que noticiamos aqui no blog.

quarta-feira, 29 de outubro de 2014

Circo Crescer e Viver apresenta "Febril"


Circo Crescer e Viver apresenta "Febril" a partir de 31 de outubro. Espetáculo de circo é inspirado na obra de Gabriel García Márquez

A partir de 31 de outubro, o Circo Crescer e Viver apresenta em sua lona, instalada no centro da cidade, o espetáculo "Febril", livremente inspirado na obra de Gabriel García Márquez. Dirigido por Luis Igreja, a montagem brinca com os personagens arquetípicos que transitam pelas histórias fantásticas de Gabo. Onze artistas formados pelo Circo Crescer e Viver estarão no picadeiro. "Febril" fica em cartaz de quinta a domingo, até 23 de novembro, com entrada gratuita.

Além de diversas técnicas circenses, como acrobacias, aéreos, portagem, diabolôs e malabares, a sétima produção do Circo Crescer e Viver reúne ainda linguagens como a dança e o teatro, que se harmonizam na construção das cenas, que contam ainda com música ao vivo interpretada pelos próprios artistas. "Febril" conta a história de uma família que tem sua vida modificada pela chegada de uma trupe de ciganos no lugarejo em que vivem. A organização hierárquica, social e afetiva se parte e toda a ordem social é alterada. Os conflitos familiares vêm à tona violentamente, até que a cidade explode em uma guerra devastadora. Ao final do conflito, o lugarejo é invadido por pestes e seus habitantes passam a conviver com os mortos.


Sigam o Mundo da Dança no Twitter: @mundo_danca


O tema do espetáculo foi escolhido quando o coordenador artístico do Circo Crescer e Viver, Vinícius Daumas, se deparou com o conceito de "realismo maravilhoso", vertente literária da qual Gabriel García Márquez é um ícone. Ele prontamente fez uma conexão com o universo do circo. "Vi ali um campo para que a gente pudesse mais uma vez inovar. A ideia é fazer o público viajar em uma estética que ousa nas cores, tamanhos e é fundamentalmente imagética. Circo é movimento e imagem. Traduzir isso em uma dramaturgia que rompe com o lugar comum é exatamente onde queremos chegar", explica Vinícius.

Para o diretor Luis Igreja, que está à frente de seu primeiro espetáculo circense, o convite do Circo Crescer e Viver veio acompanhado de dois grandes desafios: "reconhecer a linguagem do circo, dessa vez do "lado de dentro" do processo de quem faz - não apenas da plateia, de onde guardo memórias afetivas infantis muito preciosas; e trazer para o picadeiro a ambientação e o espírito do realismo maravilhoso.

A direção musical fica por conta de Daniel Gonzaga, que também foi responsável pelas trilhas de outros quatro espetáculos do Circo Crescer e Viver: Vida de Artista - 2007, Baião - 2009, Passos - 2011 e Porto - 2013. As canções compostas originalmente para o espetáculo foram inspiradas nos personagens e vão do rock´n´roll à valsa. Já a direção de arte está sob os cuidados de Denise Bernardes, Guilherme Maia e Beto Herriot, que ousaram nos tamanhos e cores da cenografia com objetos reaproveitados e adaptados de forma pouco usual e que tomam conta do espaço aéreo do picadeiro onde acontecem vários números acrobáticos do espetáculo.

Ao final da apresentação o público será convidado a contribuir com a quantia que puder ou quiser. "Quanto vale o show?" - Esta será a pergunta feita aos espectadores, cuja contribuição será revertida integralmente aos projetos sociais e de formação artística do Circo Crescer e Viver.

FICHA TÉCNICA:

Realização: Circo Crescer e Viver
Direção Geral e de Produção: Junior Perim, Vinícius Daumas e Alex Nascimento Barreto
Elenco (Em ordem alfabética): Ana Carolina Reis, Brian Amorim, Cássia Cristina, Gilmar Oliveira, Janaina Costa, Luis Martins, Mário Flávio, Natássia Vello, Pedro Serejo, Renê Carvalho e Rodrigo Ceribelli.
Direção: Luis Igreja
Assistente de Direção: Cecília Ripoll
Composição e Direção Musical: Daniel Gonzaga
Iluminação: João Franco
Direção de Arte: Denise Bernardes, Guilherme Maia e Beto Herriot
Roteiro e Pesquisa: Ana Carina e Clara Meirelles
Assistente de Produção: Lívia Simas e Paulinho Freitas
Assistente de Criação em Técnicas Circenses: Lurian Duarte
Assistente de Criação em Composições Corporais: Paula Maracajá
Acompanhamento Pedagógico: Cristina Moura
Design Gráfico: Stúdio M’Baraká - Diogo Resende e Mariana Solis
Fotografia e Still: Guilherme Maia
Figurino: Denise Bernardes, Marcela Domingos e Vinicius Couto
Assistente de Figurino: Márcia Lima
Aderecista de Arte: Ademir de Souza
Aderecista de Figurino: Poliana Braga
Pintura de Arte: Ana Duarte
Caracterização: Simone Batata, Tiça Camargo e Ana Gangemiu
Costureira: Marenice Alcântara
Rigger: Carlos Eduardo (Índio)
Estruturas e montagem: José Ribamar (Maranhão)


SOBRE O CIRCO CRESCER E VIVER

O Circo Crescer e Viver junta arte e transformação social em seu picadeiro. Criado há onze anos, o projeto desenvolve ações nos campos da formação, produção, difusão e fruição das artes circenses, numa das mais exitosas experiências de utilização do circo como ferramenta de diálogo pedagógico junto a crianças e jovens que vivam em situação de vulnerabilidade social. Atualmente, o Circo Crescer e Viver é um empreendimento com atuação em todos os elos da cadeia produtiva circense.

O reconhecimento do trabalho fez com que o Circo Crescer e Viver se transformasse em uma das organizações líderes da Rede Circo do Mundo Brasil, articulação que representou junto à Rede Internacional de Formação em Circo Social e à Federação Ibero-Americana de Circo.

O Circo Crescer e Viver tem Patrocínio do Governo do Rio de Janeiro, da Secretaria de Estado de Cultura, da Lei Estadual de Incentivo à Cultura do Rio de Janeiro, da Petrobras, da Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro, da Secretaria Municipal de Cultura, do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), da Wartsila e apoio da ABC Trust. Coral Tintas e Capézio também são apoiadores do espetáculo Febril. Realização: Circo Crescer e Viver.

SERVIÇO:
FEBRIL
Temporada: 31 de outubro a 23 de novembro, de quinta a domingo
Local: CIRCO CRESCER E VIVER
Endereço: Rua Carmo Neto, nº 143, Cidade Nova - ao lado do Metrô Praça Onze - Rio de Janeiro (RJ)
Horário: Quinta a Sábado (20 horas) e Domingo (19 horas)
Entrada gratuita (retirada de ingresso uma hora antes)
Classificação: Livre
Capacidade: 240 lugares
Duração: 90 minutos com intervalo

ASSESSORIA DE IMPRENSA:
RPM Comunicação
Érica Avelar - erica@rpmcom.com.br - (21) 3478-7437 / 98272-2337
Bianca Arman - biancaarman@rpmcom.com.br - (21) 3478-7433 / 98139-4123




Arena Dicró recebe festival de multilinguagem


4º ato do coletivo Resistência Cultural acontecerá no dia 1º de novembro, na Penha

Evento que se propõe a unir artistas cariocas para realizar uma interação direta em espaços públicos e periferias da cidade, o festival Resistência Cultural acontecerá no dia 1º de novembro, sábado. Voltado para todas as idades, o projeto terá entrada gratuita.

Sigam o Mundo da Dança no Twitter: @mundo_danca

Idealizado pela banda de "hip-hop hardcore" Bala N'agulha, o festival tem como intuito conectar diversas linguagens artísticas, entre elas artes plásticas, fotografia e música, através de atividades como oficinas, exibições, grafite, shows e intervenções.

Programação:

14h - Abertura Angolano Dj e oficinas (Stencil com Rodrigo Uchôa e Grafite com John Yabeta)
15h - Cine Clube Subúrbio em Transe (sala multiuso)
15h30 - Pocket Show Thiago Akil e Suarez e Marcão Baixada
16h30 - Dom Quixote da Penha - esquete teatral com OS Dionísios Cia de Teatral
17h - Intervenção poética com Mayara Maria
17h30 - Pocket Show Antiéticos
18h - Abertura Palco principal: Maduros na Madruga
18h30 - Algoz
19h30 - Ludi Um e as Cabeças
20h30 - Nyl Mc
21h15 - Mano Teko
22h - Encerramento

Serviço:

Data: 01/11 (sábado)
Horário: a partir 14 horas
Local: Arena Carioca Dicró - Carlos Roberto de Oliveira
Endereço: Parque Ari Barroso, Penha (entrada pela rua Flora Lobo)
Telefone: (21) 3486-7643
Gratuito
Classificação etária: Livre

Informações para a imprensa:
RPM Comunicação
Érica Avelar - erica@rpmcom.com.br - (21) 3478-7437 / 98272-2337
Marina Avellar - marina@rpmcom.com.br - (21) 3478-7414/ 98272-2335
Igor Miranda - igor@rpmcom.com.br - (21)3478-7420 / 98127-6356



terça-feira, 21 de outubro de 2014

Quem somos Nós - No Galpão Gamboa


"Quem somos nós" tem apresentações no Galpão Gamboa

Espetáculo da Cia CCC integra a programação da mostra Dança Gamboa

Nos próximos dias 25 e 26 de outubro, sábado e domingo, a Dança de Salão vai tomar conta do Galpão Gamboa com o espetáculo "Quem somos nós", da Cia de dança CCC. Criado pelo diretor, coreógrafo e bailarino Isnard Manso, o espetáculo esteve em cartaz em plena a Praça Tiradentes no ano passado e chega agora ao projeto Dança Gamboa.

Lançado no final de agosto, o Dança Gamboa, projeto do Galpão Gamboa dedicado à dança, está em sua segunda edição e vai até o dia 9 de novembro. A curadoria é da bailarina e coreógrafa Marcia Rubin e do diretor e produtor Cesar Augusto. A direção de produção está a cargo de Fernando Libonati, diretor do Galpão Gamboa e sócio da produtora Pequena Central, ao lado do ator Marco Nanini.

Sigam o Mundo da Dança no Twitter: @mundo_danca

Quem somos nós

O espetáculo gira em torno das singularidades da espécie humana. Com concepção de Isnard Manso, a montagem nasceu de antigos questionamentos: "Quem somos?", "Donde viemos?" e "Para onde vamos?". Isnard buscou as origens destas perguntas no heliocentrismo de Copérnico no século XVI.

As bases da pesquisa coreográfica do espetáculo são as possibilidades infinitas das mudanças pelas quais passam as coisas e para tentar exemplificar estas indagações, o bailarino faz uso do corpo como instrumento de criação orgânica e orientada pela mente. "Quem somos nós" contém inúmeras imagens e sensações sobre o grande papel das probabilidades em nossas vidas que acreditamos não sermos responsáveis.

Ficha técnica

Criação, direção e coreografia: Isnard Manso
Intérpretes: Ana Luiza Garcez, Cátia Cabral, Dandara Ventapane, Jefferson Bilisco, Kadu Vieira, Laryssa França, Thiago Jully e Viviane Gomes
Figurino: Camila Mesquita
Fotos: Vitor Saru e Marco Antonio Perna

Classificação: 12 anos
Duração: 45 minutos

Links dos vídeos
https://www.youtube.com/watch?v=_ttT4O536UI&feature=youtu.be
https://www.youtube.com/watch?v=JfsrsoVk_Gk

Serviço

Data: 25 e 26/10 (sábado e domingo)
Horário: sábado, às 21h; domingo, às 20h
Local: Galpão Gamboa - Teatro
Capacidade: 80 lugares
Endereço: Rua da Gamboa, 279 - Centro - RJ
Telefone: (21) 2516-5929
Ingressos: R$ 20 (inteira)/R$ 10 (meia)/R$ 5 (para moradores dos bairros da Zona Portuária, apresentando comprovante de residência)
Vendas de ingressos:
- No Galpão: Terça a quinta: das 14h às 19h (Nos dias de espetáculo a bilheteria funciona das 14h até a abertura da sala ou até esgotarem os ingressos)


Assessoria de imprensa:
RPM Comunicação
Érica Avelar - erica@rpmcom.com.br - (21) 3478-7437 / 98272-2337
Marina Avellar - marina@rpmcom.com.br - (21) 3478-7414/ 98272-2335
Igor Miranda - igor@rpmcom.com.br - (21)3478-7420 / 98127-6356



quinta-feira, 16 de outubro de 2014

Batalha de dança no Pavão-Pavãozinho


O evento, denominado Festival Favela em Dança, foi criado a partir da Agência de Redes para Juventude

No dia 18 de outubro, sábado, a partir das 9 horas, a comunidade do Pavão-Pavãozinho, em Copacabana, receberá a segunda edição do Favela em Dança. O evento terá mais de 14 horas de duração e contará com batalhas nos estilos Break, Hip Hop e Passinho, além de apresentações de diversos grupos de dança. A entrada é gratuita.


Sigam o Mundo da Dança no Twitter: @mundo_danca

Favela em Dança é um festival de danças urbanas que tem como objetivos principais a valorização a cultura nacional, a integração entre o asfalto e a favela e a miscigenação do Hip Hop com o Funk Carioca. A ideia é que o evento se torne referência em intervenções artísticas e culturais nos territórios populares do Rio de Janeiro. O projeto se formou a partir da união de jovens moradores do PPG (Pavão, Pavãozinho e Cantagalo), dentro do primeiro ciclo da Agencia de Redes para Juventude nesse território, em 2011.

Denominado de Favela em Dança - Batalhas, o evento acontecerá das 9h às 23h30, e além das batalhas, terá apresentações dos grupos: 904 krump movement, X Style Dance Company, DAS, Espaço Triartis, Núcleo 7.O, Urbanus Street Dances, Funkeados, Coretto Cia de Dança, Rio Swang, Melanina, Grupo de Kuduro (Aricelma), Paradoxo CDN, Os Descolados, Verdade Lírica e Mx Studio de Dança.

A primeira edição do evento aconteceu entre os dias 29 e 31 de março de 2013. Foram 10 horas de workshops, mostras de dança com companhias que atuam pelo país e premiação para os bailarinos vencedores. O Festival reuniu grandes nomes da Dança Urbana como: Filipi Ursão, Rodrigo Soninho, Bruno Duarte, Bárbara Lima, Josh Antonio, Lúcio Pedra, Dany Possidonio, Duly Omega, Luciana Monnerat, DJ Bruno X, entre outros.

Serviço - 2ª edição Favela em Dança
Data: 18/10 (sábado)
Horário: 9h às 23h30
Local: Rua Saint Roman, 149 - Copacabana
Classificação: Livre
Entrada gratuita



terça-feira, 14 de outubro de 2014

Oficina de Skate infantil no Arte Core


Pela segunda vez o MAM RIO abre seu espaço para festival de Cultura Urbana

Tombo quem leva é adulto, criança se diverte!


Por Manuela Rio Tinto


Dado o sucesso das oficinas infantis no Arte Core do ano passado, elas se repetirão nessa segunda edição do festival de cultura urbana. Apesar de não serem novidades, as oficinas terão novos elementos para torná-las ainda mais interessantes para o público infantil.


A ideia das oficinas infantis surgiu com Bill e PH (junto com Marco André, idealizadores do AC) e Nilo Peçanha embarcou nessa. Nilo começou a andar de skate aos 10 anos de idade e já trabalhou em um skatepark na Austrália, onde dava aulas e organizava acampamentos de verão para as crianças. Ele é dono da loja Carma Skateshop, que esse ano se juntará à escolinha 021 Skatepark para ensinar as manobras do skate para a criançada que for ao evento e tiver interesse. A ideia é ter mais professores em relação a 2013 e criar um ambiente temático para que os mini skatistas se sintam dentro de uma ‘skateshop’.

Sigam o Mundo da Dança no Twitter: @mundo_danca

Apesar de ser uma atividade infantil, muitos pais acabam se interessando pelo esporte após verem os filhos praticando. O próprio Nilo vivenciou isso quando começou: seu pai viu o filho levando o carrinho tão bem que passou a praticar até um dia quase quebrar o braço. Aí achou melhor parar. Aliás, esse é um aspecto em que as crianças levam vantagem em relação aos adultos: criança não tem medo de cair, se joga e arrisca mais, por consequência acabam se machucando menos. E como veem tudo como brincadeira, se recuperam mais rapidamente quando levam um tombo.


Energia e vontade de aprender são dois aspectos que não faltam nas crianças, e vê-las felizes aprendendo algo prazeroso não tem preço, algumas se arriscam em manobras que nem mesmo o Nilo fez, e essa é considerada por ele a parte mais gratificante do trabalho.


A oficina acontecerá de 10h às 12h e é livre.

PROGRAMAÇÃO INFANTIL

Oficina de Skate - Coordenação Carma Skate Shop - Jorge Cupim - Um dos skatistas lendários da Zona Norte com anos de experiência em dar aula de skate para crianças e adultos. 10h às 12h

Oficina de grafite - para todas as idades - ministrada pelo Espaço Rabisco - O participante aprende a linguagem do ‘graffiti art’ para representação da arte urbana utilizando adequadamente ins¬trumentos e suportes como, pinceis canetas e etc. Além da prática, compreende também as principais importâncias da historia, criação e estilo para o desenvolvimento da identidade artística urbana. Dia 18 - 10:30h - 20 vagas - Dia 19 - 12:30 - 20 vagas


Serviço:

Arte Core - Venha para o movimento!
Data: 18 e 19 de outubro, sábado e domingo
Dia 18, sábado, bate papo sobre direito autoral
Horário: Das 10h às 20h
Local: Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro - MAM Rio / Av. Infante Dom Henrique, 85 - Parque do Flamengo
Classificação: Livre
Informações para imprensa: Julia Ryff - juliaryf@gmail.com (21) 9328 4771



segunda-feira, 13 de outubro de 2014

Pela segunda vez o MAM abre seu espaço para festival de Cultura Urbana


ARTE CORE une música, skate e arte urbana com a arte contemporânea

Nos dias 18 e 19 de outubro (sábado e domingo), os cariocas poderão, novamente, desfrutar do vão central e da área externa do Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro, que abrigará três vertentes importantes e complementares da Arte Urbana: as Artes Visuais, o Skate e a Música.

Se em 2013 o Arte Core foi apresentado de maneira quase ‘didática’, este ano será mais interativo, permitindo uma circulação mais fluida e um aproveitamento melhor dos jardins pelo público.

Mantendo a tradição de disseminar as diversas manifestações que vêm da rua, elementos como grafite, street art, música, skate, entre outros, e programação variada e para todas as idades - há oficina de skate e grafite para crianças - o fim de semana acontece em clima de arte, celebração e relaxamento.

Sigam o Mundo da Dança no Twitter: @mundo_danca


Na noite de sábado, haverá uma festa no clube Santa Luzia, que começa assim que as luzes do MAM Rio se apagarem, que é pra ninguém ter que voltar pra casa. Celebração sem pausa. Para os fortes! Outra novidade é o bate papo que rola no sábado, às 11h, com o advogado Luiz Felipe Soares da Soares & Lobo Advogados, sobre direito autoral. Recentemente, o escritório ganhou uma causa em favor de dois artistas pelo uso não autorizado de obra artística exposta em espaço público, por uma grande empresa de roupas.

E o que é a vida sem amigos? A união faz a força e cada um dos parceiros da Homegrown toma conta do que sabe fazer melhor. As exposições acontecem em diferentes superfícies como painéis, módulos e até um ônibus, curadoria da própria HG; as atrações musicais ficam com o Só Pedrada Musical do dj Tamenpi, a Agência Macro com a comunicação visual e branding; o I Love XV cuida das oficinas de skate, campeonato de ‘best trick’, o ‘malote-trick skateboard’; já a oficina de grafite fica a cargo do Espaço Rabisco, o trio do Rio Ramp Desing cuida da cenografia e finalmente, a recém lançada revista eletrônica O Cluster fica a cargo do conteúdo, produzindo e publicando em tempo real tudo que rola por lá.

PROGRAMAÇÃO

Artistas de rua (curadoria Homegrown):

PAINÉIS -
COMBONE (RJ) / MARINA ZUMI (SP) / FLIP YUNG (SP) / ATSUO NAKAGAWA (JAP) / FEFE TALAVERA (SP) IZOLAG (RJ) / BRAGGA (RJ) / DERLON ALMEIDA (PE)

PAINÉIS MAIORES -
TITI FREAK (SP) / SANTA CREW (RJ) - Swk / Duim / Smael / Fins

PAINEL MODULAR- FLAVIO SAMELO (SP)

CONTAINERS - ONIO( BSB) / IPEK (BSB)

INSTALAÇÕES - MARCELO MENT (RJ)/ JOÃO LELO (RJ) / BRUNO BIG (RJ) / MARCELO JOU (RJ)/ METON (RJ)

ÔNIBUS 1001 CUSTOMIZADO - Fleshbeck Crew - TOZ / BR / PIA

Exposição de fotografias skate-arte (curadoria Ronaldo Land)
Rene Jr / Ronaldo Land / Dalmo /Ademar Luquinhas /Alex Carvalho

Música (curadoria Só Pedrada Musical)

Dia 18 de Outubro:
Bangarang Sound System (DJ Set) (12h-14h)
Ambassodors (The Groov) (14h-15h)
DJ Abud (SP) (15h-16h)
DJ Machintal (16h-17h)
DJ Tamenpi (17h-18h)
DJ PG (SP) (18h-19h15)
Show: Elo da Corrente (SP) (19h15-20h)

Dia 19 de Outubro:
Digitaldubs (DJ Set) (12h-14h)
CESRV (SP) (14h-15h)
DJ Tamenpi (15h-16h)
Marginal Men (Wobble) (16h-17h)
DJ Babz (17h-17h45)
DJ Soares (SP) (17h45-18h30)
DJ Jeff Bass (CWB) (18h30-19h15)
Show: Kamau (SP) (19h15-20h)


Skate

Malote -Trick Skateboard - Subvertendo o formato dos Best-Tricks, um dos personagens mais lendários do skate carioca, o "Palito", se apresenta de terno, gravata e uma pasta cheia de dinheiro para distribuir entre os skatistas que mandarem melhor no rolé.

PROGRAMAÇÃO INFANTIL

Oficina de Skate - Coordenação Carma Skate Shop - Jorge Cupim - Um dos skatistas lendários da Zona Norte com anos de experiência em dar aula de skate para crianças e adultos. 10h a 12h - LIVRE

Oficina de grafite - para todas as idades - ministrada pelo Espaço Rabisco - O participante aprende a linguagem do ‘graffiti art’ para representação da arte urbana utilizando adequadamente ins¬trumentos e suportes como, pinceis canetas e etc. Além da prática, compreende também as principais importâncias da historia, criação e estilo para o desenvolvimento da identidade artística urbana. Dia 18 - 10:30h - 20 vagas - LIVRE / Dia 19 - 12:30 - 20 vagas - LIVRE

Vídeo sobre o Arte Core :

http://vimeo.com/105436550

http://vimeo.com/103473882

Serviço:

Arte Core - Venha para o movimento!
Data: 18 e 19 de outubro, sábado e domingo
Dia 18, sábado, bate papo sobre direito autoral
Horário: Das 10h às 20h
Local: Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro - MAM Rio / Av. Infante Dom Henrique, 85 - Parque do Flamengo
Classificação: Livre
Informações para imprensa: Julia Ryff - juliaryf@gmail.com (21) 9328 4771




sábado, 11 de outubro de 2014

Galpão Gamboa recebe o infantil "Lua Gigante"


Espetáculo escrito e dirigido por João Ferreira reúne circo, teatro e dança integra a mostra Dança Gamboa

No fim de semana do dia das crianças, o Galpão Gamboa tem apresentações dedicadas a elas. O espetáculo "Lua Gigante", escrito e dirigido por João Ferreira, chega aos palcos do Dança Gamboa logo após a temporada de estreia, com apresentações nos dias 11 e 12/10. A narrativa reúne dança, teatro, música e circo.

Lançado no final de agosto, o Dança Gamboa, projeto do Galpão Gamboa dedicado à dança, está em sua segunda edição e vai até o dia 9 de novembro. A curadoria da bailarina e coreógrafa Marcia Rubin e do diretor e produtor Cesar Augusto. A direção de produção está a cargo de Fernando Libonati, diretor do Galpão Gamboa e sócio da produtora Pequena Central, ao lado do ator Marco Nanini.


Sigam o Mundo da Dança no Twitter: @mundo_danca


Lua Gigante

Para crianças de todas as idades, o espetáculo "Lua Gigante" conta com a sutileza do cenário de Diogo Monteiro, onde nuvem é algodão doce e o jardim é um mar de pipas. No palco, uma grande brincadeira de criança ganha vida com a beleza das acrobacias aéreas. Contemplado pelo Programa de Fomento a Cultura Carioca de 2013, da Secretaria Municipal de Cultura, a peça ainda conta com a trilha sonora original de Isadora Medella e com a colaboração da renomada pesquisadora Ermínia Silva.

Para resgatar e repaginar o universo mambembe do circo, o diretor estreante João Ferreira cria uma narrativa que reúne dança, teatro, música e, claro, o circo: uma aventura escoteira que atravessa o mundo à procura de um lugar onde tudo se pode, tudo se cria, tudo é invenção.

A imaginação do espectador completa a narrativa, configurando ao público um papel ativo: a saga para chegar a Lua Gigante, onde, juntos, marcarão seus primeiros passos num lugar onde nada existe, onde tudo, tudo mesmo, deverá ser criado.

Uma aventura escoteira que atravessa o mundo a procura de um lugar onde tudo se pode, tudo se cria, tudo é invenção. E, partindo feito um foguete, eles irão experimentar inúmeras situações cotidianas influenciadas por uma nova realidade. Numa tentativa de romper com os signos e significados que lhes foram engendrados, eles seguem rumo a uma terra onde ninguém poderá cercear sua liberdade de imaginar. Como seria olhar para uma bicicleta que voa, uma nuvem de algodão doce, um jardim de pipas? A imaginação do espectador completa a proposta cênica configurando o papel ativo do público. Um convite ao fenômeno do espanto, um arranjo capaz de promover o estranhamento das coisas. A encenação lembra uma grande brincadeira de criança: um universo paralelo criado a partir da realidade em que se vive. Um universo onde caneta é espada e desejo é lei.

Sinopse

A história começa quando dois personagens partem em busca de um lugar melhor para se viver. O destino? Uma enorme lua branca. Levados por uma bicicleta capaz de voar, situações cotidianas dão lugar a uma enorme aventura: a chegada da noite, a queda no mar, o universo dentro da baleia, o encontro com novos personagens... Uma saga para chegar à lua gigante, onde, juntos, marcarão seus primeiros passos num lugar onde nada existe, onde tudo, tudo mesmo, deverá ser criado.


Ficha técnica

Elenco: Adelly Costantini, Bruna Lima, Celso José, Glaucy Fragoso e João Ferreira
Direção cênica e roteiro: João Ferreira
Cenografia e programação visual: Diogo Monteiro
Iluminação: Ananda Felippe
Figurino e adereços: Camila Nhary e Mariana Elias
Trilha sonora: Isadora Medella
Pesquisa: Erminia Silva
Direção técnica: Daniel Elias
Direção de movimento: Renata Reinheimer
Preparação de elenco: Ana Sauwen
Preparação corporal: André Rumjanek
Assistência de direção: Isabel Abrantes
Assistência de cenografia e efeitos especiais: Tiago
Fotografias: Renato Mangolin
Produção: Inês Abranches e Karina Nobre
Realização: Lusco-Fusco Produções Culturais

Classificação: Livre
Duração: 45 minutos

Serviço

Data: 11 e 12/10 (sábado e domingo)
Horário: 16h
Local: Galpão Gamboa - Teatro
Capacidade: 80 lugares
Endereço: Rua da Gamboa, 279 - Centro - RJ
Telefone: (21) 2516-5929
Ingressos: R$ 10 (inteira)/R$ 5 (meia)/R$ 2 (para moradores dos bairros da Zona Portuária, apresentando comprovante de residência)
Vendas de ingressos:
- No Galpão: Terça a quinta: das 14h às 19h (Nos dias de espetáculo a bilheteria funciona das 14h até a abertura da sala ou até esgotarem os ingressos)


ASSESSORIA DE IMPRENSA:
RPM Comunicação
Érica Avelar - erica@rpmcom.com.br - (21) 3478-7437 / 98272-2337
Marina Avellar - marina@rpmcom.com.br - (21) 3478-7414/ 98272-2335